Histoire sans titre #9*

HST99

Tempo fechado

Certas palavras
Não podem mais
serem ditas
Quando esgotada
A confiança
Abandona

O silêncio
Ocupa
o lugar do poema
Todas as cicatrizes
Não fecham
Da mesma forma

O tempo não
Nos salva de nada
O belo perigo
É escrever
Pois o risco
Do fracasso ameaça
Sempre

A amizade acaba
Ao amanhecer
Tempo fechado

Uma chama rara
Ilumina
O impasse
A traição
Esperada
Previsível

E em quanto
tudo desmorona
A dignidade
Continua
A pesca do dia

Mar Thieriot


closing time

Some words
Cannot be said
Any more
When trust
Leave us
defeated

Silence
Replace poetry
All wounds
Don’t heal
At the same pace

Time can’t save us
From nothing
Writing still
A beautiful danger
Failure is always at risk

A friendship
Breaks at dawn
Closing Time

A flame
Rare
Enlightens
The mistrust
The expected lies
The predictable lies

And while everything
Falls apart
Dignity
Remains
The catch of the day

Mar Thieriot


Temps de fermeture

Il y a des mots
Qui ne viennent plus
Lorsque la confiance
Épuisée
Déserte

Le silence prend place
Toutes les plaies
Ne cicatrisent pas
De la même façon

Le temps
Ne nous sauve de rien
Le « beau danger d’écrire »
Car l’échec du poème
reste le risque à courir

L’amitié se brise
Un matin
Temps de fermeture

Une flamme
Rare
Éclaire
Une impasse
Une trahison
Prévisible
Attendue

Tandis que tout s’effondre
La dignité
Demeure
Le plat du jour

Mar Thieriot Février 2019 Inédit
Vers et toile Mar Thieriot

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s